Vivo lança clipe de “Exagerado” em ação de branded content

16-06-2015

A iniciativa é parte de homenagem ao artista que teve início com o re-colour da canção e se estende até a reedição do Circo Voador na Praia do Arpoador, no Rio de Janeiro;
Filme foi produzido em conjunto com a Samsung. A parceria tecnológica entre as empresas teve início em 2014 em projeto que homenageou Raul Seixas e foi responsável pelo branded content “Metamorfose Ambulante” – recordista de views e compartilhamentos no YouTube no ano passado;

São Paulo, 12 de julho de 2015 – A Vivo acaba de lançar ação de branded content a partir da gravação de clipe da música Exagerado – primeiro single da carreira solo de uma das figuras mais marcantes da cena musical brasileira, Cazuza, e que foi lançada há exatos 30 anos. A iniciativa é parte de homenagem ao artista que teve início com o re-colour da canção e se estende até a reedição do Circo Voador na Praia do Arpoador, no Rio de Janeiro.

O novo filme, “Exagerado”, é estrelado por Emílio Dantas, ator que protagonizou o musical “Cazuza” e conta a história de um cupido conectado, que compartilha com as pessoas um amor exagerado. “O estilo de Cazuza de viver exageradamente tem tudo a ver com o posicionamento de marca da Vivo para o 4G, de que a vida passa rápido demais e que é preciso viver intensamente cada minuto”, afirma Cris Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da Vivo.  

Nesse sentido, inclusive, o novo filme – feito exclusivamente para internet – termina com a seguinte frase: “Há 30 anos o verdadeiro exagerado nos ensinou como é bom amar e viver intensamente cada minuto”. Para conferi-lo basta acessar o brand channel da Vivo no Youtube ou acessar o link: https://www.youtube.com/watch?t=10&v=h8LAwijeYh8.

Parceira da Vivo no projeto que homenageou Raul Seixas em 2014, com o filme Metamorfose Ambulante, a Samsung se uniu novamente à operadora para repetir o sucesso. Em “Exagerado”, os novos aparelhos Galaxy S6, Galaxy S6 Edge e Galaxy Note 4 são utilizados para ajudar o Cupido a conectar casais apaixonados. “A Samsung tem como objetivo aproximar as pessoas por meio da inovação e o filme Exagerado ilustra perfeitamente como a tecnologia dos nossos produtos nos ajuda a estar sempre perto daqueles que amamos”, afirma Alessandra Barcala, Diretora de Marketing da área de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

“Exagerado” é uma superprodução: assinado pela Africa, o filme conta com direção de Nico Perez Veiga e Luisa Kracht e produção da PBA Cinema. Para alcançar o resultado esperado, foram seis dias de filmagem, com diárias de mais de 200 pessoas para produção, 13 artistas de composição e efeitos, e 15 profissionais de 3D. No total, foram utilizadas 1.440 horas de equipamento (60 dias/24 horas). 

Trata-se também do primeiro projeto transmídia com storytellingdo Brasil, ou seja, o filme oferece uma segunda versão que extrapola a tela do computador e traz o celular como ferramenta de interação com a narrativa do filme. “Para que a experiência do público também seja ‘exagerada’, as pessoas vão poder sincronizar seu próprio celular com o filme no Youtube para acompanhar a história simultaneamente em duas telas”, explica Eco Moliterno, VP de Criação da Africa. “E além de enxergar nessa segunda tela o mesmo que o Cupido estava vendo durante as missões, em alguns momentos elas ainda vão poder interagir com a história usando o celular”, complementa.

A Vivo sempre busca inovar e gerar conteúdos de alta qualidade para o público, mostrando sempre o poder da conexão. A empresa se tornou, inclusive, a grande referência em branded content na internet brasileira, lançando produções que quebraram recordes e conquistaram volume impressionante de visualizações – como ‘Metamorfose Ambulante’que, com mais de 20 milhões de views, foi o vídeo mais visto e compartilhado no Youtube no ano passado.

"A Vivo acredita e investe em conteúdo de qualidade como uma forma de relacionamento com seu público no universo digital. ‘Exagerado’, mais do que uma produção de branded content na linha de ‘Eduardo e Monica’ e ‘Metamorfose Ambulante’, é uma prova disso”, reforça Sergio Gordilho, copresidente e CCO da Africa.

“Este ano tínhamos o desafio de superar todas as expectativas, de exagerar mesmo na dose e gerar conteúdos e proporcionar experiências incríveis às pessoas”, conta Cris Duclos. “Somando isso à trajetória do Cazuza e à mensagem que ele transmite até hoje em suas composições, esperamos que seja um sucesso”, conclui a diretora de Imagem e Comunicação da Vivo.