Espreite a sala de aula do futuro

Oct 12, 2011

Os avanços mais recentes na tecnologia interactiva estão a entrar na sala de aula, e aprender nunca mais será o mesmo. Os dias dos quadros e do giz, e até dos lápis e canetas estão a ser substituídos por computadores portáteis, projectores digitais, tablets, quadros electrónicos (eBoards ) e quem sabe o que se seguirá?

Nas últimas décadas, a escola moderna evoluiu para uma mistura de métodos tradicionais e novas formas de ensinar, apoiados pela tecnologia digital. Um dos mais recentes avanços no ensino com maior impacto sobre o ambiente na sala de aulas é o quadro electrónico digital, Digital eBoard. Ao aperfeiçoar as linhas de comunicação entre professores e alunos, com novas formas de suportes multimédia e técnicas interactivas, os alunos podem beneficiar de um ensino mais rico e avançado.

Mas como? A pergunta impõe-se.

Os professores podem apresentar agora imagens de alta qualidade, artigos ou vídeos com outras hiperligações no quadro electrónico para apoiar o respectivo material de ensino. Utilizando fontes externas, como a internet, o trabalho nas aulas não se limita ao manual ou à experiência do professor, mas à fonte de informações infinita que é a Web. Assim, com a orientação especializada do professor, os recursos como a Web podem ser utilizados como ferramentas de ensino eficazes.

O trabalho na sala de aula pode ser partilhado facilmente entre os computadores dos alunos a partir do quadro electrónico eBoard através da transmissão sem fios, assegurando um ambiente de verdadeira colaboração. Esta partilha também permite que os professores mantenham algum controlo sobre os conteúdos que os alunos vêem nos ecrãs, por exemplo, assegurar que os alunos não estão distraídos com websites pessoais durante as aulas. Para além disso, abrem-se novas possibilidades relativamente a testes e trabalhos, com os exames e questionários a serem transferidos digitalmente para os ecrãs e depois transferidos automaticamente para o professor.

tecnologia de ecrã táctil permite que as aulas adoptem novas formas de participação por parte dos alunos. Utilizando a caneta ou o dedo, os alunos e professores podem demonstrar ideias complexas recorrendo à utilização de imagens que se podem mover no ecrã. Isto também ajuda a desbloquear a criatividade no trabalho, o que constitui um método avançado de estabelecer ligações e de ensinar os alunos.

Alguns dos quadros electrónicos (eBoards) mais avançados são fornecidos com software para oferecer ferramentas adicionais aos professores. Por exemplo, o quadro electrónico interactivo Samsung 650TS Interactive eBoard, possui um software de desenho básico, uma biblioteca de conteúdos e software de gestão da sala de aula (Classroom Management Software), concedendo aos professores ainda mais recursos para apresentar aos alunos.

Os principais desafios para os novos dispositivos na sala de aula são manter os valores tradicionais que se esperam do sistema de ensino, tais como a interacção humana e a orientação, oferecendo simultaneamente às gerações futuras recursos, oportunidades e ferramentas que anteriormente não estavam disponíveis.