Samsung Revela Estudo “Techonomic Index”

Jul 16. 2014

Estudo Europeu feito pela Ipsos MORI para a Samsung conclui que a tecnologia beneficia o tempo em família

A Samsung revela hoje os resultados do estudo designado “Samsung Techonomic Index”, desenvolvido em parceria com a Ipsos MORI, que tem o objetivo de analisar os hábitos de utilização da tecnologia pelos europeus.

As principais conclusões da análise referem que os inquiridos no âmbito do estudo realizado utilizam dispositivos tecnológicos como telemóveis, televisões, máquinas de lavar louça ou electrodomésticos de confecção culinária, em média, 7,7 horas diárias1, e, que temos, em média, dezoito equipamentos2 deste tipo em casa. Adicionalmente, a categoria tablet encontra-se em crescimento um pouco por toda a Europa sendo que já mais de metade dos inquiridos (53%3) possui um.

O estudo “Samsung Techonomic Index” identifica, ainda, a relação entre a tecnologia e o comportamento familiar. Comparativamente a gerações anteriores, a tecnologia tem fortalecido os laços familiares, na medida em que apenas um terço dos membros vivem na mesma cidade face a quase metade (44%) numa geração anterior.

Dispositivos móveis, redes sociais, email, entre outros, têm contribuído para manter os familiares próximos, como referem 64%4 dos entrevistados. Inclusivamente, um em cada quatro dos entrevistados acredita que o facto de estar em contacto com a família através das redes sociais os faz compreenderem-se melhor5.

Este estudo revela, também, que existem graus de proximidade familiar diferentes de país para país. Os Italianos e os Espanhóis são os que estão mais ligados aos seus progenitores, com mais de um terço (38% e 36%, respetivamente6) a estabelecer contacto mais do que uma vez ao dia. Um terço (36%) dos pais comunica com os filhos através de mensagens escritas; 29% utiliza o email; e 15% utiliza a videoconferência.

“Queremos estar o mais ligado possível a quem mais gostamos. A tecnologia está a ajudar-nos a ultrapassar as exigências da vida moderna, nomeadamente no que toca à distância de alguns familiares e amigos e à exigência da nossa vida profissional. Hoje em dia, a tecnologia é utilizada com o objetivo de nos ajudar a otimizar tempo, a facilitar o acesso à nossa informação, e, sobretudo, a manter-nos interligados,” referiu Tiago Flores, Diretor de Marketing de Produto da Samsung. “Os principais players trabalham arduamente no desenvolvimento de novas soluções que visam ir mais além e a descobrir as necessidades e os valores futuros dos consumidores. Procuramos por novas formas de otimizar o modo como os vários equipamentos tecnológicos presentes no dia-a-dia se interligam no sentido de tornar a vida das pessoas cada vez mais simples e aprazível.”.

Sobre o “Samsung Techonomic Index”:

A Samsung divulgou o resultado do novo estudo designado “Samsung Techonomic Index”, realizado com a finalidade de analisar o modo como as pessoas abordam e utilizam a tecnologia, revelando também a forma como esta responde às necessidades dos consumidores com desenvolvimentos de novos produtos. Este estudo abrangente foi feito com base em 5 000 inquéritos realizados online, a utilizadores com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos e residentes em cinco países europeus (Alemanha, Espanha, França, Itália e Reino Unido). O estudo resulta de uma parceria entre o European Samsung Lifestyle Research Lab e a Ipsos MORI.

 

Samsung Techonomic Index – estatísticas e factos importantes:

Tecnologia em Casa:

-        As casas onde os entrevistados residem têm uma média de 18 equipamentos2 tecnológicos / eletrónicos ou eletrodomésticos (das 11 categorias de dispositivos e eletrodomésticos cobertos pelo estudo).

-        Quase um terço dos entrevistados referem que a sua casa tem pelo menos duas televisões, e quase um em cada cinco tem três televisões em casa7.

-        Mais de metade dos inquiridos (53%3) já tem um tablet em casa.

 

Hábitos de consumo:

-        Os telemóveis e tablets são os dispositivos tecnológicos mais populares no que toca às intenções de compra dos utilizadores para os próximos três meses1.

-        19% dos consumidores que adquiriram um tablet e 17% dos que compraram uma máquina fotográfica fizeram-no porque queriam ter um produto mais pequeno ou mais leve (foi uma das cinco razões apontadas para a compra em ambos os casos).

-        Dos entrevistados, a maior parte já pagou mais por livros ou revistas digitais no último mês do que por outros tipos de conteúdos8.

 

Frequência de utilização dos produtos:

-        Mais de um terço (35%) dos entrevistados passa mais do que uma hora por dia a ver televisão, cinema ou outros conteúdos de vídeo transmitidos online (em streaming), enquanto um em cada cinco (20%) dos que utilizam aplicações de jogos online ou entretenimento nos seus telemóveis ou tablets fazem-no durante uma hora por dia, ou mais9.

-        Quase seis em cada dez (59%) dos inquiridos que utilizam eletrodomésticos de confeção de comida restringem a sua utilização a menos de uma hora por dia10.

-        Quase um quarto (24%) dos entrevistados utiliza os seus eletrodomésticos de limpeza a cada 4 - 5 dias, ou menos frequentemente11.

 

Notas:

1 – Os inquiridos gastam uma média de 7,7 horas por dia com dispositivos tecnológicos e eletrodomésticos cobertos pelo estudo (tablet, PC portátil, impressora, câmara fotográfica / câmara de vídeo, televisão, leitor de vídeo, eletrodométicos de limpeza e confeção de comida, consolas de jogos, sistemas áudio / HiFi). O valor da média apurada abrange as horas por dia despendidas para todos os dispositivos e tendo em conta a utilização simultânea de vários equipamentos.

2 – Média dos produtos ou dispositivos existentes nas casas dos entrevistados corresponde a 17,85 produtos por casa. Este número baseia-se numa lista dos seguintes produtos: tablet, PC portátil, impressora, câmara fotográfica / câmara de vídeo, televisão, leitor de vídeo, eletrodomésticos de limpeza e confeção de comida, consolas de jogos, sistemas áudio / HiFi.

3 - 53% dos inquiridos referiram que têm um tablet em sua casa.

4 - 64% dos europeus entrevistados responderam “sim, com certeza” ou “sim, provavelmente” à afirmação “globalmente, a tecnologia (tal como o telemóvel, as redes sociais, o email, etc.) aproximou-o dos membros da sua família?”.

5 - 25% dos inquiridos concordaram com a afirmação “Percebo melhor os membros da minha família por estar em contacto com eles através das redes sociais”.

6 - 23% dos inquiridos que estão em contacto com os seus pais referem que falam com eles “mais do que uma vez por dia”. 21% referem que estão em contacto com os pais “uma vez por dia”. A cada 2 - 3 dias – 22% / a cada 4 - 5 dias – 9% / cerca de uma vez por semana – 15% / a cada 2 - 3 semanas – 4% / Cerca de uma vez por mês – 1% / Menos de uma vez por mês – 2% / Não sabem – 2%.

7 – 18% dos entrevistados disseram que têm três televisões em funcionamento na sua casa.

8 - 9% dos entrevistados que utilizam livros ou revistas digitais adquiriram livros e revistas digitais no último mês.

9 - 23% dos inquiridos que têm acesso a televisão, cinema ou conteúdos em vídeo transmitidos online (streaming) acederam aos conteúdos por “mais de uma hora até duas” / 8% - “mais de duas horas e até três” / 3% - “mais de três horas e até quatro” / 1% - “mais de quatro horas e até cinco”.

10 - 59% dos entrevistados utilizam um eletrodoméstico de confeção de comida por menos de uma hora por dia.

11 - 24% dos inquiridos utilizam os seus eletrodomésticos de limpeza a cada 4 - 5 dias ou menos frequentemente.