Saúde / Cuidados-Pessoais

Os cinco passos para
comprar o primeiro celular para crianças

Respostas para quem se pergunta se os celulares são perigosos.

Uma imagem ao ar livre de um menino sentado sobre uma bola de basquete e olhando para seu celular com seu pai sentado ao seu lado

Comprar o primeiro celular para crianças é um marco importante. Ele pode ser uma ótima ferramenta não apenas para a segurança, mas também para ensinar sobre responsabilidade. Embora a durabilidade e os preços acessíveis sejam o que as pessoas mais procuram quando pensam em comprá-lo, veja alguns fatores com a mesma importância que devem ser considerados antes de investir no primeiro celular para crianças.

Uma menina debaixo das cobertas da cama olhando para seu celular, com seu rosto iluminado pelo dispositivo
Imagem única do produto mostrando a parte da frente de um celular Galaxy S10
Display AMOLED

O display do Galaxy S10 protege contra a luz azul nociva sem comprometer a qualidade.

SAIBA MAIS
1

Proteja contra a luz azul

O maior desenvolvimento das crianças acontece durante o sono, então nada deve atrapalhá-lo. Com as crianças olhando constantemente para a tela enquanto jogam, você deve estar preocupado com os efeitos da luz azul no sono – e com razão. Ele pode atrapalhar o relógio biológico e o sono, podendo causar problemas mais sérios no futuro. Então por que se arriscar? Além de definir limites para o uso, lembre-se de encontrar um celular que proteja os olhos do usuário contra quaisquer efeitos nocivos.

Imagem única do produto mostrando a parte da frente de um celular Galaxy S10
Display AMOLED

O display do Galaxy S10 protege contra a luz azul nociva sem comprometer a qualidade.

SAIBA MAIS
Uma mãe sentada em um sofá com seu filho sentado à sua frente. Ambos estão jogando em um celular
2

Defina regras digitais

Para qualquer um que dê um dispositivo às crianças, os controles parentais devem ser usados ativamente. Desde jogos viciantes até aplicativos sociais inapropriados, há algumas coisas que você não quer que as crianças encontrem on-line. Evite a preocupação e encontre um celular que permite que você defina as regras. Um aplicativo como o modo infantil da Samsung permite que você defina horários de uso, personalize os aplicativos disponíveis e prepare um relatório de uso para mostrar o que as crianças fazem no dispositivo.

Uma adolescente ao ar livre iluminada por luzes de neon, apoiando a cabeça em uma das mãos e olhando para o celular enquanto usa a outra mão
3

Faça uma verificação de segurança

A imagem das crianças grudadas nos celulares está muito presente na cabeça de todos nós. No topo da escala de maus hábitos com smartphones, não é à toa que a sociedade tenha medo do que toda essa radiação pode estar fazendo com as mentes e os corpos em crescimento. Se você está preocupado, verifique sempre a taxa de absorção de energia (Specific Absorption Rate, SAR) ao procurar pelo primeiro celular. Essa unidade mede a quantidade de radiofrequência absorvida pelo corpo durante o uso do celular. Embora os especialistas e estudiosos ainda não tenham chegado a um consenso sobre a seriedade da radiação dos celulares, é melhor prevenir do que remediar.

Dica

Uma pesquisa rápida na internet mostrará os níveis de SAR de vários fabricantes de celular.

Uma menina ao ar livre com o celular na mão e sorrindo
4

Proteja a identidade deles

Crianças perdem os celulares e frequentemente os deixam em qualquer lugar – é um fato da vida. Então é natural se preocupar com os dados pessoais e contas caindo nas mãos erradas. Mas e se essas informações estiverem sempre seguras? Esqueça os métodos ultrapassados com senhas escritas e procure por dispositivos que ofereçam um serviço de gestão de identidade como o Página do Samsung Pass no Samsung.com. Com sensores de impressão digital e tecnologia de reconhecimento facial, o celular e as contas logadas só podem ser desbloqueadas com dados biométricos.

Três meninas sentadas em um parque sorrindo para o celular segurado pela menina do meio
Imagem frontal de um celular Galaxy S10 com um símbolo de Wi-Fi visível na tela na frente de um fundo preto
Wi-Fi inteligente

O Wi-Fi 6 ajuda a evitar fraudes e conecta você mais rapidamente ao conteúdo que você ama.

SAIBA MAIS
5

Pergunte sempre se a “rede Wi-Fi pública é segura”

Pontos de acesso abertos podem ser muito convenientes, mas a que custo? Tenha uma conversa séria sobre segurança digital, mas lembre-se também que uma criança usando um celular pela primeira vez pode não saber como se manter segura em uma rede Wi-Fi pública – principalmente quando fotos podem ser tiradas e Instagrams podem ser pegos. Como você não estará por perto o tempo todo, por que não deixar o trabalho para o próprio celular? Procure por um dispositivo que proteja contra malware e ameaças maliciosas – uma plataforma como Samsung Knox oferecerá essa tranquilidade.

Imagem frontal de um celular Galaxy S10 com um símbolo de Wi-Fi visível na tela na frente de um fundo preto
Wi-Fi inteligente

O Wi-Fi 6 ajuda a evitar fraudes e conecta você mais rapidamente ao conteúdo que você ama.

SAIBA MAIS

Pronto para tomar uma decisão?

Proteja as informações, os olhos e a saúde geral das crianças com um celular que as ajuda (e você) o tempo todo. Junto com plataformas de alta segurança, como Samsung Pass e Knox, você pode ficar tranquilo sabendo que os dados pessoais e a segurança geral das crianças estão sempre seguros.

Imagem de um Galaxy S10e, S10 e S10+ ligeiramente sobrepostos

Galaxy S10e | S10 | S10+

Logotipo do Samsung Knox

Samsung Knox

Leia estas histórias a seguir