As alterações climáticas, resultantes pelo menos parcialmente do forte aumento da utilização de combustíveis fósseis e do aquecimento global provocado pela mesma, é um problema grave que afeta todo o mundo. A Samsung Electronics reconheceu a realidade da crise e, por conseguinte, está a envidar esforços em várias frentes. Estes incluem o desenvolvimento de produtos com elevada eficácia energética, a instalação de equipamentos com emissões mínimas de gases com efeito de estufa (GEE) e o aproveitamento de energias novas e renováveis.

KPI (indicador-chave de desempenho) de Desempenho em Termos de Alterações Climáticas em 2020

Emissões de GEE baseadas na intensidade para 
para locais de trabalho globais

Esta infografia mostra os objetivos de intensidade por unidade em termos de gases com efeito de estufa/KRW (Won sul-coreano) para as operações detidas e exploradas pela Samsung a nível mundial. As emissões base de gases com efeito de estufa em 2017 foram de 3,28 toneladas de CO2e/milhão de KRW e o nosso objetivo para 2020 é atingir 1,55 toneladas de CO2e/milhão de KRW.

Redução acumulada na emissão de gases com efeito de estufa 
na fase de utilização dos produtos

Esta infografia mostra as reduções acumuladas ao nível da emissão de gases com efeito de estufa, na fase de utilização dos produtos. As reduções acumuladas ao nível da emissão de gases com efeito de estufa na fase de utilização dos produtos, entre 2008 e 2017, é de 217 milhões de toneladas de CO2. O objetivo de redução acumulada para 2020, desde 2008, é de 250 milhões de toneladas de CO2.

Estamos focados em responder à crise das alterações climáticas

O Conselho de Gás com Efeito de Estufa é realizado quatro vezes por ano para definir a agenda para o combate às alterações climáticas e analisar o desempenho. Os participantes partilham as informações mais recentes sobre as alterações climáticas, definem planos de ação detalhados e analisam os seus feitos durante o trimestre. A Samsung Electronics estabeleceu um processo sistemático de gestão, conforme apresentado abaixo, a fim de minimizar as emissões de gases com efeito de estufa ao longo de todo o ciclo dos nossos produtos, incluindo a produção, distribuição e utilização.

Estratégias e planos de ação para lidar com as alterações climáticas

Um ícone para a redução das emissões de GEE nos locais de trabalho

· Equipamento operacional de redução de F-Gas no processo de fabrico de semicondutores
· Gestão de projetos de redução de energia, melhoria da eficiência energética

Um ícone para a gestão de energia em expansão nos locais de trabalho

· Criação de sistemas de gestão de energia em todos os locais de trabalho e manutenção das certificações (desde 2013)
· Gestão dos custos de energia e indicadores de cada local de trabalho

Um ícone para a redução de GEE na fase de utilização do produto

· Desenvolvimento e lançamento de produtos altamente eficientes em matéria de energia

Um ícone para a redução de GEE noutras fases

· Gestão das emissões de GEE na logística do produto, viagens de negócios, etc. (desde 2009)

Um ícone para a gestão dos fornecedores

· Monitorização das emissões de GEE dos fornecedores (desde 2012)

Estamos a ampliar a nossa gestão das emissões a todos os níveis

A resolução de problemas requer informações precisas. Para medir e gerir com precisão as nossas emissões de gases com efeito de estufa, realizámos a sua classificação por categorias em três âmbitos, definidos pelo protocolo de GEE com base na sua proximidade à empresa e operação. Localizar o ponto exato das emissões em cada nível é a base para a gestão ideal dos gases de efeito de estufa. Âmbito 1 refere-se aos gases de efeito de estufa emitidos quando os produtos são fabricados nos locais de trabalho da Samsung Electronics, enquanto as emissões indiretas do Âmbito 2 estão associadas às compras energéticas dos locais de trabalho para gerar eletricidade e vapor. Âmbito 3 abrange as emissões que não são dos locais de trabalho, tais como as das atividades de logística, viagens de negócios, a nossa cadeia de abastecimento e a utilização dos nossos produtos. Usamos esta análise para gerir sistematicamente todas as emissões, diretas ou indiretas, dos nossos locais de trabalho, da utilização dos produtos e dos nossos fornecedores.

Este infográfico é sobre as emissões de GEE nos respetivos âmbitos. O Âmbito 1 refere-se às emissões diretas de GEE, o Âmbito 2 às emissões indiretas de eletricidade, vapor, etc., e o Âmbito 3 a todas as outras emissões indiretas de logística, fornecedores, utilização dos produtos, etc.
Âmbito 1 (Emissões de GEE diretas) e Âmbito 2 (Emissões indiretas de eletricidade, vapor, etc.)

· Análise mensal das emissões globais do local de trabalho com base no sistema de gestão de GEE
· Equipamentos instalados de decomposição de GEE no processamento de semicondutores, com uma taxa de decomposição de 90% e superior
· Equipamento instalado de alta eficiência e iluminação interna convertida para LED nos locais de trabalho globais

Fotografia panorâmica do local de trabalho da Samsung Electronics.
Âmbito 3 (todas as outras emissões indiretas provenientes da logística, fornecedores, utilização de produtos, etc.)

∙ Executar projetos de redução da emissão de gases com efeito de estufa para melhorar a eficiência energética ao nível da logística.
∙ Descobrir projetos de redução da emissão de gases com efeito de estufa através da prestação de apoio no local aos grandes fornecedores.
∙ Aumentar a utilização de videoconferências e reduzir o número de viagens de negócios internacionais.

Uma fotografia de um camião de logística (Camião de Segurança da Samsung Electronics)
Redução de Emissões de GEE
na Fase de Utilização do Produto
Redução de Emissões de GEE na Fase de Utilização do Produto
Estimativas definidas
para os últimos dois anos.

* Unidade: Milhão de tCO2
* Âmbito da recolha de dados: Oito categorias principais de produtos (telemóveis, computadores portáteis, TV, monitores, frigoríficos, máquinas de lavar, aparelhos de ar condicionado e impressoras)
* Acumulados desde 2009

Utilizamos tecnologia avançada para melhorar a eficiência energética

Com as suas tecnologias avançadas de produtos, a Samsung Electronics está a evoluir, procurando promover uma forma de vida mais conveniente e responsável do ponto de vista ambiental. Para alcançar este objetivo, a Samsung realiza reuniões de grupo de consultoria ecológica, abrangendo toda a empresa, com uma periodicidade semestral. Através destas reuniões, a Samsung partilha informações sobre os requisitos ambientais e o desenvolvimento de tecnologias inovadoras com os especialistas em matéria ambiental das divisões empresariais, e investiga tecnologias que visam poupar energia para desenvolver produtos com elevada eficiência energética. Em 2017, a Samsung lançou produtos com tecnologias de elevada eficiência energética, tais como a Quick Drive para máquinas de lavar roupa e ventoinhas altamente eficientes nas unidades externas de aparelhos de ar condicionado, melhorando a eficiência energética em 36% face a 2008, em média. Estas melhorias ao nível da eficiência energética reduziram o consumo de energia por parte dos consumidores e os custos da energia, bem como as emissões de gases com efeito de estufa.

Esta infografia mostra o desempenho em termos de eficiência energética na fase de utilização dos produtos. Em 2017, o consumo energético médio dos produtos diminuiu em 36% e as emissões acumuladas de gases com efeito de estufa sofreram uma redução de 217 milhões de toneladas, em comparação com 2008.
Esta infografia mostra o desempenho e os objetivos em termos de utilização da energia dos locais da Samsung espalhados pelo mundo. A Samsung poupou 30,46 mil milhões de KRW em custos de eletricidade e 28,13 mil milhões de KRW em custos de serviços públicos em 2017. As poupanças apresentaram a seguinte distribuição: 22% em eletricidade, 12% em AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado), 18% em operações e gestão, 10% em ar comprimido, 12% em geradores de nitrogénio, 9% em água, 8% em vapor, 1% em gás e 8% em outras categorias diversas.

O aumento do volume de produção requer o aumento do número de locais de fabrico, bem como um aumento correspondente no consumo de energia. Para reduzir a energia utilizada à medida que fomentamos a nossa capacidade de fabrico, a Samsung estabeleceu 24 Normas de Poupança Energética para uma produção eficiente. No caso dos novos locais, foram desenvolvidas tecnologias de poupança energética tendo em conta as características da instalação, sendo estas utilizadas desde as fases iniciais de conceção do processo para melhorar a eficiência energética. Em resultado desta medida, apesar do aumento da produção, poupámos 58,6 mil milhões de KRW nos custos de eletricidade e serviços públicos dos locais situados no estrangeiro em 2017.

Esta infografia mostra o desempenho e os objetivos em termos de utilização da energia dos locais da Samsung espalhados pelo mundo. A Samsung poupou 30,46 mil milhões de KRW em custos de eletricidade e 28,13 mil milhões de KRW em custos de serviços públicos em 2017. As poupanças apresentaram a seguinte distribuição: 22% em eletricidade, 12% em AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado), 18% em operações e gestão, 10% em ar comprimido, 12% em geradores de nitrogénio, 9% em água, 8% em vapor, 1% em gás e 8% em outras categorias diversas.

Na Samsung, estamos constantemente a alargar a utilização das energias renováveis.

Os locais da Samsung espalhados pelo mundo continuarão a alargar a utilização de energias renováveis para reduzir as nossas emissões operacionais de gases com efeito de estufa e preservar o ambiente. Para ajudar a alcançar este objetivo, estamos a instalar painéis solares em espaços desocupados, tais como telhados de parques de estacionamento e edifícios nos nossos locais na Coreia. Em regiões com suficientes infraestruturas de energias renováveis, como por exemplo, os Estados Unidos, a Europa e a China, temos o objetivo de utilizar 100% de energias renováveis nas nossas fábricas, edifícios de escritórios e instalações operacionais.

Utilização de energias renováveis em locais de trabalho espalhados pelo mundo

Graças a estes esforços, iremos atingir um valor equivalente à quantidade de energia gerada em média por uma central de energia solar de 3,1 GW até 2020.

Utilização de energias novas e renováveis

Graças a estes esforços, iremos atingir um valor equivalente à quantidade de energia gerada em média por uma central de energia solar de 3,1 GW até 2020.

When I began my career, I found that, with the help of advanced technology, I could help patients learn more about their conditions. We think that the training program has made great contributions in the training of doctors here in Guangxi. Every time I see the heartbeat of a fetus on the screen, I feel very proud to be a doctor in the Ultrasound Department.

Estamos a realizar estudos e a implementar projetos de adaptação às alterações climáticas

Para encontrarmos formas, enquanto empresa, de responder e ultrapassar os efeitos das alterações climáticas, temos vindo a realizar um estudo conjunto desde 2015, intitulado Atividades de RSE para Adaptação às Alterações Climáticas. Juntamente com a Faculdade de Estudos Ambientais da Universidade Nacional de Seul, os nossos investigadores estão a desenvolver trabalhos ao abrigo de três temas: acesso a água potável, habitações eficientes do ponto de vista energético e educação sobre as alterações climáticas.

Como parte do projeto relativo à água potável, instalámos instalações de água potável semipermanentes em 10 locais no Vietname que têm sentido dificuldades para assegurar um fornecimento estável de água potável. Em resultado desta iniciativa, os residentes locais deixaram de se preocupar com o acesso à água, uma substância essencial para a vida, mesmo durante secas extremamente graves. Entretanto, os nossos Projetos de Renovação de Habitação para os mais desfavorecidos foram atualizados, para o que designamos de Projeto de Construção e Melhoria da Eficiência Energética na Habitação. Este projeto fornece às famílias um ambiente residencial que poupa energia e proporciona proteção contra o calor do verão e o frio do inverno, a um custo baixo. Um estudo realizado em 2017, abrangendo 61 famílias, mostrou que o valor médio de energia utilizado por família ao longo do ano foi reduzido para metade, o que resultou em custos de energia mais baixos para os membros vulneráveis da sociedade. Estes esforços não se limitaram a produzir ganhos a nível económico. Também levaram à redução das emissões associadas de gases com efeito de estufa relativas à geração de eletricidade em 43 toneladas de CO2e por ano.

Por último, desenvolvemos conteúdos educativos especializados sobre as alterações climáticas na plataforma Samsung Smart School (Escola Inteligente da Samsung), com vista à sua utilização por professores e alunos. Utilizando estes conteúdos, apoiámos 300 docentes especializados e oferecemos aulas de demonstração a 2.200 crianças em 11 escolas primárias. Através destes esforços, estamos a ajudar as gerações futuras a compreender a gravidade das alterações climáticas e a importância de trabalharmos para dar resposta a esta problemática.

Uma foto da fonte de água potável numa pré-escola em Thai Nguyen, Vietname
Os nossos produtos ecoconscientes resultam num planeta saudável
Uma imagem de fundo da página de produtos ecoconscientes