PlanetFirst : O Planeta em primeiro lugar

Dec 10. 2015

Paris acolhe esta semana a 21ª Conferência das Partes (COP21), uma das cimeiras intersetoriais mais aguardada da década.


PlanetFirst : O Planeta em primeiro lugar

Paris acolhe esta semana a 21ª Conferência das Partes (COP21), uma das cimeiras intersetoriais mais aguardada da década. O seu principal objetivo é a criação de um acordo vinculativo e universal sobre a temática das alterações climáticas. Aproveitando o início deste debate, gostaria de expressar o nosso apoio a esta causa e a este objetivo, que aliás se enquadra no compromisso há muito assumido pela Samsung de mitigar as alterações climáticas e otimizar a eficiência no consumo de recursos, para proteger o meio ambiente. Partilharei igualmente algumas reflexões sobre o histórico de iniciativas ambientais da Samsung Electronics.

As nossas origens ambientais

A Conferência das Partes foi criada para rever a implementação da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas e é responsável por promover iniciativas contra as alterações climáticas. Teve origem na Cimeira da Terra, a qual foi realizada no Rio de Janeiro em 1992, um grande evento de cariz ambiental que reuniu 172 governos de todo o mundo e que ficou marcado pela criação da Declaração do Rio sobre Ambiente e Desenvolvimento. Os especialistas de todo o mundo ligados à área ambiental ficaram bastante satisfeitos com esta iniciativa ambiciosa e nós, na Samsung Electronics, colocámos em cima da mesa uma questão: o que podemos fazer para reconhecermos a importância deste momento crucial e respondermos da melhor forma a este desafio? Em resposta a este desafio assinámos a nossa primeira Declaração Ambiental em 1992, e comprometemo-nos a reduzir o nosso impacto ambiental e a lidar com problemas urgentes, tais como as alterações climáticas e o esgotamento dos recursos.

Gestão Ambiental

O que fizemos para colocar este nosso compromisso em prática? Em 2009, lançámos o nosso primeiro plano de Gestão Ambiental que estabelecia objetivos a médio e a longo prazo. Simultaneamente, adotámos o lema PlanetFirst (o Planeta em primeiro lugar) como símbolo do nosso compromisso de disponibilizarmos produtos ambientalmente responsáveis e soluções e tecnologias que melhorem a vida dos utilizadores, da afirmação dos nossos valores comuns e do respeito para com o planeta.

Desde o lançamento do plano de Gestão Ambiental, a Samsung Electronics conseguiu já alcançar diversos resultados positivos. Entre as inúmeras iniciativas que se revelaram um êxito, e das quais nos orgulhamos muito, destaco as seguintes:

• Obtivemos uma redução nas emissões de gases de efeito de estufa de 47% face aos valores de 2008 (rácio das emissões sobre as receitas), no seguimento dos investimentos que efetuámos ao nível do tratamento dos gases fluorados e dos ganhos de eficiência energética alcançados no processo de fabrico de semicondutores

• O consumo energético de todo o nosso portefólio de produtos representa agora menos de 60%, comparativamente com os valores registados há seis anos[1]

• A Série S da família de equipamentos Samsung Galaxy arrecadou recentemente o prestigiado prémio Best in Product Carbon Footprint, atribuído pela Carbon Trust, pela maior redução da pegada de carbono acumulada desde 2012 - 37%[2]

• Temos sido reconhecidos pela liderança na elaboração de relatórios sobre a pegada de carbono e pelas iniciativas de combate às alterações climáticas, integrando a lista ‘A’ do programa de alterações climáticas de 2015 elaborado pelo Carbon Disclosure Program (CDP).

Um olhar para o futuro

Como planeamos melhorar ainda mais o nosso desempenho ambiental?

Para levarmos ainda mais longe as nossas ambições, criámos recentemente o plano de Gestão Ambiental 2020, no qual estabelecemos objetivos a longo prazo relativos à redução de emissões de gases de efeito de estufa (GEE) durante a fase de utilização do produto e à diminuição da intensidade das emissões nos locais de produção. Além disso, continuaremos a implementar múltiplas iniciativas de gestão ambiental em todo o ciclo de vida do produto, tais como: certificação ambiental de parceiros, concepção ecológica, reutilização de água, gestão de substâncias químicas perigosas, logística ecologicamente sustentável, redução dos materiais de embalamento e reciclagem de resíduos electrónicos.

A nossa empresa tem a responsabilidade de contribuir para a redução das emissões nos países onde opera, e temos à nossa frente uma grande oportunidade de inovação que nos vai permitir oferecer aos utilizadores dos produtos da marca uma fantástica tecnologia premium e reduzir, simultaneamente, o seu impacto ambiental. Vamos continuar a trabalhar para implementarmos a nossa visão de Gestão Ambiental:

“Fornecer uma Experiência Ambiental, Criar um Futuro Sustentável” e para aproveitarmos as oportunidades de negócio na área da sustentabilidade que existem no setor das Tecnologias da Informação e Comunicação, no valor de 11,4 triliões de dólares[3], com vista a criarmos um futuro sustentável e viável para os negócios.

Concluindo, gostaria de expressar o nosso apoio a todos os delegados que se encontram reunidos neste importante encontro em Paris. Aguardamos com expectativa os positivos desafios de negócio que poderão surgir no seguimento das várias discussões climáticas intergovernamentais em Paris, e que poderão impulsionar ainda mais a liderança ambiental do setor das Tecnologias da Informação e Comunicação.

David Scuderi
Director da Divisão de Ambiente na Samsung Electronics Europe

[1]Samsung melhora em 42% a eficiência energética do portefólio de produtos, em seis anos

[2]Carbon Trust premeia os desempenhos líderes na gestão de recursos e redução das emissões de carbono

[3]Relatório Smarter2030