Dicas para a vida cotidiana

O que é o Sideloading
(e o que tem a ver consigo)?

Spoiler: é uma forma arriscada de transferir aplicações.

A metade superior de um dispositivo smartphone a mostrar uma notificação de alerta de uma fonte desconhecida. Há um triângulo com um ponto de exclamação dentro e uma pergunta a pedir a permissão para instalar a partir desta fonte, com um 'não' escrito abaixo. A metade superior de um dispositivo smartphone a mostrar uma notificação de alerta de uma fonte desconhecida. Há um triângulo com um ponto de exclamação dentro e uma pergunta a pedir a permissão para instalar a partir desta fonte, com um 'não' escrito abaixo.

Provavelmente, já deve ter ouvido falar sobre os perigos de clicar em links de e-mails suspeitos ou inserir dados pessoais em sites questionáveis.
Mas sabia que há um risco oculto de segurança que pode estar a correr inconscientemente?

O que é o sideloading?

Embora possa soar a uma manobra de skate, o "sideloading" é uma prática tecnológica bastante comum que pode expor inadvertidamente o seu dispositivo a riscos de segurança. Então, o que é o sideloading? Basicamente, refere-se à passagem de ficheiros entre dois dispositivos, por exemplo, enviar um ficheiro MP3 do computador portátil para o telefone, em vez de o enviar ou transferir na Internet.

Um ícone de cadeado branco rodeado por um quadrado dentro de um círculo vermelho Um ícone de cadeado branco rodeado por um quadrado dentro de um círculo vermelho
Protecção sempre activa
Bloqueie todos os acessos não autorizados ao kernel do seu telefone em tempo real.

Evite convidados indesejados

Mas quando se trata de aplicações sideloading para Android, a definição adopta um enquadramento mais sombrio. No mundo dos dispositivos móveis, o sideloading significa instalar aplicações a partir de fontes externas a uma loja de aplicações autorizada. E é aí que o problema pode começar. As aplicações da Google Play, Amazon Apps ou da Galaxy Store foram examinadas relativamente à sua segurança, mas as aplicações sideloading provenientes de fontes externas podem assemelhar-se ao Faroeste, sem regulamentação e potencialmente perigosas. O motivo? Elas podem conter malwares ocultos, projectados para comprometer o seu dispositivo ou até mesmo os seus dados pessoais.

Já está protegido

Antes de se preocupar em demasia, fique a saber que os telefones Samsung como o Galaxy A51, com segurança Knox, já vêm com protecções instaladas contra malware, como as aplicações sideloading para Android. Os dispositivos Samsung já contam com a pré-instalação de bloqueio de aplicações sideloading e, por isso, para anular esta rede de protecção, terá de aceder às definições e activar o acesso especial da aplicação. Para versões mais antigas do Android (7 e anteriores), certifique-se que coloca um visto na caixa ""Fontes desconhecidas"" nas definições (Definições > Ecrã de bloqueio e segurança). Poderá instalar qualquer aplicação quando esta opção estiver activada.

No entanto, as ocasiões que podem exigir a instalação de uma aplicação sideloading são escassas e, por isso, a utilização sempre que possível de aplicações de lojas oficiais é a melhor forma de garantir a segurança de cada transferência.

Para mais informações sobre sideloading, vá a Conhecimentos empresariais Samsung.

Bloqueio pré-activado

Com uma plataforma de segurança como Knox pré-instalada em dispositivos como o Galaxy A51, os seus dados permanecerão seguros.

Leia estas histórias a seguir