Fotografia

Tire fotos da galáxia
#withGalaxy

Dicas e truques para transformar suas fotos da Via Láctea em obras de arte.

Escultura da lua, suportada por colunas contra um céu estrelado durante o pôr do sol Escultura da lua, suportada por colunas contra um céu estrelado durante o pôr do sol

O verão é a época mais popular para tirar fotos das estrelas. Mas, se suas fotos do céu noturno saem mais embaçadas do que bonitas, você não está sozinho. Fotografar a grandiosidade da Via Láctea pode ser difícil, mas com os equipamentos certos e nossas dicas, você pode aprender a tirar fotos de estrelas com resultados sempre incríveis.

'Uma noite estrelada em um campo com grandes geradores eólicos à distância em Gyeongsangbuk-do 'Uma noite estrelada em um campo com grandes geradores eólicos à distância em Gyeongsangbuk-do

Antes de ir

Primeiramente, pense sobre o que você quer fotografar além da própria Via Láctea. Qual será o primeiro plano? Você quer fotografá-la quando está alta, baixa ou diagonalmente no céu? Tirar a foto certa da Via Láctea não dependente tanto do enquadramento, mas de encontrá-la.

Uma imagem da Via Láctea no céu noturno Uma imagem da Via Láctea no céu noturno

Vá para lugares distantes

Para dominar a fotografia do céu noturno, você deve fotografar longe das luzes da cidade e grandes centros urbanos. Quanto mais remoto, melhor.

Depois, pense em qual primeiro plano você quer, porque, afinal, se você está fotografando do planeta Terra, provavelmente aparecerá algo mais na foto. Por exemplo, há alguma arquitetura marcante, belas formações rochosas ou árvores altas por perto? Procure por elementos que tenham silhuetas interessantes contra o céu estrelado.

Timing é tudo

O momento de fotografar é tão importante quanto o lugar. A hora e a época do ano são fatores que influenciam muito em como a Via Láctea aparecerá em sua foto. Embora a galáxia esteja literalmente sempre visível no céu noturno (afinal, estamos no meio dela), o que comumente chamamos de “a Via Láctea” é, na verdade, seu núcleo galáctico, que só pode ser visto de fevereiro a novembro. Como sua orientação no céu muda durante esse tempo, você precisa se planejar para fotografá-la na posição que você quiser que ela esteja no céu.

Por sorte, há aplicativos que podem ajudá-lo a escolher qual tipo de foto você quer, quando e onde tirá-la. O PhotoPills tem um recurso útil chamado “Night AR” que mapeia o núcleo galáctico pelo céu com base em onde você pretende fotografá-lo. Até mesmo um simples aplicativo de bússola, como o que está disponível no Galaxy S20, ou o Galaxy Watch Active2 podem melhorar sua experiência com a fotografia de estrelas.

Um diagrama mostrando as fases da lua, desde cheia até nova, e novamente cheia Um diagrama mostrando as fases da lua, desde cheia até nova, e novamente cheia

Outro aspecto para levar em consideração? A lua. A menos que você a queira especificamente na sua foto, tente fotografar em noites de lua nova. Como o brilho da lua pode diminuir o brilho de uma constelação, quanto menos luar você tiver, melhor.

Outro aspecto para levar em consideração? A lua. A menos que você a queira especificamente na sua foto, tente fotografar em noites de lua nova. Como o brilho da lua pode diminuir o brilho de uma constelação, quanto menos luar você tiver, melhor.

Foto com longa exposição de estrelas no céu noturno, formando um desenho circular que preenche o céu. Há seis geradores eólicos vermelhos em primeiro plano virados para a esquerda. Foto com longa exposição de estrelas no céu noturno, formando um desenho circular que preenche o céu. Há seis geradores eólicos vermelhos em primeiro plano virados para a esquerda.
DICA
Há mais para descobrir além das estrelas, mesmo onde você estiver. Descubra como fotografar o mundo ao seu redor.

Maximize seus megapixels

É claro que todo o planejamento do mundo não vai ajudar sem o equipamento certo. Equipe-se com um smartphone criado para tirar as fotos com a resolução mais alta possível. O Galaxy S20 Ultra coloca uma quantidade impressionante de megapixels no seu bolso.

Quando estiver lá

4
A fotografia do céu noturno mostrando os efeitos da longa exposição contra o suave movimento do céu. As estrelas fotografadas criaram linhas no céu da foto com longa exposição, trazendo um efeito de auréola radiante. Há pinheiros no primeiro plano. A fotografia do céu noturno mostrando os efeitos da longa exposição contra o suave movimento do céu. As estrelas fotografadas criaram linhas no céu da foto com longa exposição, trazendo um efeito de auréola radiante. Há pinheiros no primeiro plano.
Um celular Galaxy S20. No display, existem opções de salvamento apresentadas com a opção “Salvar cópias RAW” ativada. Um celular Galaxy S20. No display, existem opções de salvamento apresentadas com a opção “Salvar cópias RAW” ativada.
DICA
É fácil garantir que todas as fotos sejam salvas como RAW usando o modo Pro do Galaxy S20 Ultra. Acesse as Configurações (o ícone de engrenagem) e selecione a opção “Salvar cópias RAW”.

Editando para o feed

Finalmente, a parte divertida: editar e publicar. Ao fotografar, lembre-se de salvar suas fotos no formato de arquivo RAW. Você poderá ajustar os arquivos JPGs e PNGs, mas não chegará perto da capacidade de edição que os arquivos RAW oferecem.

Publique o resultado do seu trabalho e descubra o que o mundo pensa! Sinta-se à vontade para nos marcar nas mídias sociais, porque adoraríamos ver o que você criou.

*Foto tirada com o Galaxy S20 Ultra; pequenos detalhes, incluindo balanço de branco, contraste e brilho, foram ajustados.

Pronto para arrasar? 

Veja mais da galáxia com um Galaxy.

Leia estas histórias a seguir